Estudantes do curso de Medicina Veterinária do Centro Universitário UniFTC de Vitória da Conquista passaram um final de semana diferenciado. Na companhia de policiais militares do Grupo de Operações com Cães da Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE Sudoeste) eles aprenderam técnicas  importantes de contenção de animais. 

A programação contou com uma visita à sede da CIPE Sudoeste, onde os alunos assistiram às demonstrações práticas do treinamento de cães policiais. “Eles estão podendo entender como seria a atuação, caso tivesse algum problema com os animais no momento de atendimento, como seria a postura do veterinário frente ao animal agressivo, como ele pode se comportar para impedir que ele se machuque e que o animal também se machuque”, explica a Coordenadora do Curso de Medicina Veterinária, Jéssica Tigre.

Além de instruções sobre como conduzir os animais, os policiais orientaram sobre a inibição de mordidas e a preparação dos cães para detecção de entorpecentes. “É algo realmente fantástico o treinamento dos animais pelos tutores. Uma atividade que vamos carregar para a bagagem profissional”, contou Camila Paixão, estudante do 8° semestre do curso.

Na oportunidade, a coordenadora do curso de Medicina Veterinária, Jéssica Tigre, apresentou o interesse do Centro Universitário em dar continuidade à parceria com a CIPE Sudoeste, por meio da oferta de acompanhamento médico aos cães. A proposta foi bem acolhida pelo atual comandante da companhia, Major Marcos Paulo Moreira: “É uma cooperação muito importante para nossa atividade ter esse suporte veterinário para nossos cães, para que a empregabilidade deles seja com eficácia. Sem esse suporte da UniFTC, que já é dado há algum tempo, nós talvez, não alcançássemos os resultados pretendidos. Por isso que nós estamos aqui de portas abertas para a UniFTC e sabemos que lá também a instituição nos recebe de braços abertos”, destacou o comandante da unidade militar.