Com o objetivo de assegurar aos estudantes a vivência judicial na prática e garantir uma formação diferenciada, alunos do 10º semestre do curso de Direito do Centro Universitário UniFTC de Vitória da Conquista apresentaram no auditório da instituição educacional, último dia 23 de maio, uma simulação de uma audiência trabalhista que teve como tema o Sítio do Picapau Amarelo. 

A turma realizou uma audiência de instrução em que o objeto era a configuração do vínculo de emprego ou da relação contida na Lei Complementar 150/2015 que trata sobre os empregados domésticos entre Tia Nastácia e Dona Benta. Além das partes do processo, foram ouvidos como testemunhas o Visconde de Sabugosa, Emília, Narizinho e o Pedrinho. 

São muito bem vindas ações como estas, destacou o aluno do curso de Direito, Neto Coqueiro. “Creio que será um aprendizado valioso para o futuro. Fora o nervosismo e ansiedade inicial, tratei a experiência como uma oportunidade de colocar em prática os conhecimentos que recebi em sala de aula ou assistindo outras audiências. É bom passar por um teste assim num ambiente controlado, antes de realmente atuar tendo que encarar pessoas reais, com problemas reais”.

O simulado tem como objetivo expor e consolidar o conhecimento obtido em sala durante todo o período letivo, ressalta a coordenadora do curso de Direito, Daniella Miranda. “Além de aprender a disciplina de forma dinâmica, os alunos podem adquirir experiências do cotidiano da profissão na prática”. 

A aula teve a supervisão do professor Nei Ribeiro e esteve presente para prestigiar a atividade, o Reitor Aureliano Tavares, que parabenizou a iniciativa dos estudantes. “Além de movimentar conhecimento em situações jurídicas, os estudantes desenvolvem habilidades essenciais ao acadêmico de Direito através do contato do ambiente de uma audiência. Excelente iniciativa”, disse.