Estudantes de Psicologia da FTC discutem avanços da Reforma Psiquiátrica

Estudantes de Psicologia da FTC discutem avanços da Reforma Psiquiátrica

Estudantes do quinto semestre do Curso de Psicologia da FTC Jequié realizaram, nesta segunda (20), uma atividade em que remontavam a estrutura de um manicômio para entender a evolução histórica da Saúde Mental. A atividade foi motivada pela disciplina Psicopatologia I, sob a supervisão do professor Gilson Pires.

Segundo o professor Gilson, proposta é apresentar a evolução histórica da Saúde Mental e motivar os estudantes a ter um pensamento crítico sobre os avanços e retrocessos da política antimanicomial brasileira. “A proposta é apresentar como a sociedade encara a Saúde Mental desde a Grécia Antiga até a Reforma Psiquiátrica brasileira e fomentar nos alunos o entendimento da atuação do profissional de Psicologia neste contexto”, explica.

Para a estudante do 5º semestre de Psicologia, Mayra Martins, a atividade alerta para os retrocessos propostos pelo atual Governo para Reforma Psiquiátrica nacional. “Ao estudar a história da Saúde Mental, conseguimos perceber os avanços e retrocessos da política nacional. Percebi o quanto a sociedade deve lutar contra o fortalecimento dos manicômios e o quanto a atuação do psicólogo contribui com o tratamento multidisciplinar da saúde mental dos indivíduos”, afirma.