I Congresso de Biomedicina do Nordeste discute os desafios e as perspectivas da profissão

I Congresso de Biomedicina do Nordeste discute os desafios e as perspectivas da profissão

 

Entre os dias 02 e 04 de agosto a FTC recebeu profissionais, professores e estudantes do curso de Biomedicina que vieram de vários estados nordestinos para discutir sobre os desafios e perspectivas da profissão durante o I Congresso de Biomedicina da Região Nordeste. O evento que antecede o Congresso Nacional realizado em São Paulo, nos dias 05 e 08 de setembro, é considerado um marco para os representantes da Biomedicina na Região.

“Anos atrás nós nem cogitávamos a existência de uma representação de classe quanto mais conseguir reunir profissionais, professores e estudantes em um ambiente de completo aprendizado. Isso é realmente um marco em nossa história e com certeza o primeiro de muitos passos que continuarão alavancando a Biomedicina no Brasil”, afirmou Dimitri Marques, Delegado da Seccional Bahia do Conselho Regional de Biomédicos 2ª Região (CRBM).Na cerimônia de abertura o biomédico Dr. Roberto Martins Figueiredo, mais conhecido como Dr. Bactéria fez uma palestra destacando a importância da humanização e da reciprocidade no exercício da profissão, além de uma abordagem relacionada aos maus hábitos ressaltando a necessidade que o ser humano tem de tomar novas atitudes, de mudar e de desenvolver novas habilidades que permitam a ele ajudar a si mesmo e aos outros.

“A única coisa que explica a nossa existência é pensarmos que precisamos servir o outro, ajudar o outro no seu processo de descobrimento. Se não entendemos isso nada tem razão de ser ou existir”, afirmou o biomédico.

Durante os três dias de evento os congressistas tiveram a oportunidade de participar de palestras, minicursos, mesas redondas e workshop realizados por nomes reconhecidos no mercado. Entre eles Carlos Danilo e Marcus Vinícius, os gêmeos da Biomedicina, Fábio Murilo da Costa, Peixoto da Cruz, Gustavo Miranda, Camila Sampaio e Lorena Soares. A palestra sobre Aconselhamento Genético ministrada pelo Dr. Peixoto da Cruz ficou entre as mais comentadas.

 

“O tema é muito interessante e o palestrante tem muito conhecimento da área. Isso deixa a gente seguro do que nos espera no mercado. Particularmente não conhecia o tema e acredito que eventos como esse ampliam nossa visão do campo profissional”, disse Sâmela Simões, estudante de Biomedicina da FTC Feira de Santana.

Para a Coordenadora do curso de Biomedicina da FTC, Luciene Lessa, o I Congresso de Biomedicina deixa como lição além de conhecimento o reforço da importância da profissão. “Estamos no caminho ideal respondendo as nossas responsabilidades pelo interesse de construir uma saúde melhor, seja pelo acolhimento, seja pelo fazer melhor. Buscamos formar profissionais que tenham em seu DNA o cuidado com o outro, a empatia e o servir com respeito e compromisso”, afirma a docente.