Movimento pela Prevenção: UniFTC de Feira de Santana tem ações para combater pandemia

Movimento pela Prevenção: UniFTC de Feira de Santana tem ações para combater pandemia

Despertar a consciência para o compromisso social com a comunidade, através de ações práticas e eficazes para combater a pandemia do novo Coronavírus. Esta é a proposta do Movimento pela Prevenção, projeto que envolve todos os cursos do Centro Universitário UniFTC de Feira de Santana. As atividades vão desde produção de álcool em gel e sabonete líquido, confecção de máscaras de proteção e campanha para arrecadação de alimentos, material de higiene pessoal e de limpeza, até a divulgação de vídeos com orientações sobre saúde bucal, nutrição e atividades físicas.

“O projeto possibilita aos alunos, professores e colaboradores vivenciarem de perto a crise provocada pela disseminação do vírus e também estimula iniciativas de prevenção e combate à doença”, diz professor Éder Silva dos Anjos, coordenador do curso de Farmácia que, depois do álcool em gel, está voltado para a produção de sabonete líquido – inicialmente o produto será destinado ao Nosso Lar, instituição que abriga idosos. Ele lembra que o processo segue todas as normas de biossegurança, tanto individuais como coletivas, e são observados os aspectos de controle de qualidade e eficácia do produto.

Na tarde desta sexta-feira (3), as atenções se voltaram para a confecção de protetor facial artesanal, atividade a cargo dos colegiados de Enfermagem e Engenharia Civil. A máscara também é considerada fundamental para proteção contra o Coronavírus e a comercialização está ficando cada vez mais escassa com o prolongamento da crise. Paralelamente, está acontecendo a campanha de arrecadação de alimentos, material de limpeza e de higiene pessoal, iniciativa do Grupo de Estudo de Direitos Humanos e Contemporaneidade, formado por estudantes de direito, com posto de coleta no campus da UniFTC.

Movimento do bem nas redes sociais

As ferramentas tecnológicas também fazem parte do Movimento pela Prevenção. Por meio das redes sociais vários cursos participam do projeto, dentre eles nutrição, com vídeos mostrando as estratégias nutricionais para reforçar a imunidade, especialmente para quem se encontra em isolamento social. 

Já a coordenação e professores de Educação Física se dedicaram à produção de vídeo aulas com exercícios que podem ser feitos em casa, com novas sugestões a cada três dias.

Também através do Instagram, estudantes e professores de Odontologia mostram em vídeos a importância da prevenção da saúde bucal e a importância desses cuidados para a saúde integral da pessoa.

Integração!

A participação de todos os cursos no projeto é destacado pela professora Marcly Amorim Pizzani, diretora da UniFTC de Feira de Santana como um dos principais aspectos do Movimento pela Prevenção. Ela lembra que o momento é desafiador, mas também de muito aprendizado e diz que a iniciativa “é uma possibilidade de reafirmar a missão da instituição, que é entregar ao mercado não apenas profissionais com competência técnica, mas cidadãos comprometidos com os anseios da sociedade”. 

A diretora ressalta que ações extensionistas fazem parte do Rede DNA da UniFTC e lembra que a primeira ação do Movimento pela prevenção foi uma parceria com a Secretaria Municipal de Saúde para a vacinação contra a Influenza no estacionamento do campus, com o sistema drive thru. “Estamos muito felizes com a mobilização de nossa comunidade interna”, externou Marcly Pizzani, acrescentando que as iniciativas têm partido também dos estudantes. “Esse entendimento da importância de exercitar a solidariedade vai além do conhecimento acadêmico”, observa.